NOTÍCIAS

Participe da Pesquisa Marcas de Quem Decide

Você pode ajudar a decidir as marcas mais admiradas pelos gaúchos

Entre as novidades da 20ª edição do Marcas de Quem Decide está a votação popular para decidir quais as 10 marcas mais destacadas na pesquisa ao longo das duas décadas.

Foram pré-selecionadas as 60 que apareceram com maior frequência e, a partir delas, os leitores do Jornal do Comércio podem escolher as 10 que mais admiram. No dia 6 de março, no Teatro do Sesi, em Porto Alegre, será entregue o reconhecimento aos gestores das Marcas Top10.

O levantamento do Marcas de Quem Decide é realizado numa parceria entre JC e Qualidata Pesquisas e Informações Estratégicas.

O voto é feito de forma rápida clicando aqui

E para saber quais as outras novidades do MDQD fique de olho no site bit.ly/marcasdequemdecide2018

Painel Cenário Digital trará empreendedores importantes no cenário da inovação

Cenário Digital é o primeiro evento em 2018 do ciclo Conexões de Negócios do Jornal do Comércio e reunirá, no dia 6 de fevereiro, palestrantes de peso para compartilhar e debater ideias que impactam as transformações digitais na vida das pessoas e nas empresas.

Inteligência artificial, Internet das Coisas, blockchain e big data são algumas das tecnologias que estão mexendo com o mercado e levando a uma reinvenção dos modelos de negócios atuais. Empreendedores inovadores de destaque no cenário nacional e internacional vão mostrar como essas inovações estão ajudando a criar uma cultura mais digital nas empresas tradicionais, falar sobre a sinergia das grandes corporações com as startups e as oportunidades desse mundo mais conectado e que converge para facilitar e melhorar a vida das pessoas.

Estes três palestrantes estarão dividindo suas experiências como empreendedores antenados e conectados com todo esse universo da tecnologia:

Andreas Blazoudakis, CEO do Delivery Center, projeto inovador que está sendo implantado em Porto Alegre. Ele é co-fundador e vice-presidente de Inovação da Movile, que lidera o setor de O2O no Brasil. Participou da criação de mais de 10 startups, entre elas o aplicativo #1 do mundo para crianças (PlayKids), avaliado em US$ 250 milhões. É acionista do iFood, Apontador, Ingresso Rápido, Sympla, SuperPlayer e ChefTime.

Cassio Bobsin, CEO da Zenvia, Chairman & Co-founder da WOW Aceleradora. Com 18 anos de idade começou seu primeiro negócio e não parou mais. Além de contribuir com diversos artigos nacionais e internacionais é co-autor do livro Construindo o Plano Estratégico, publicado em 2007. A Zenvia é focada em soluções de mobilidade corporativa, ajudando mais de 5 mil empresas em todo o Brasil a se relacionar com seus públicos-alvo com êxito e eficiência.

Gustavo Goldschmidt, co-fundador e CEO do Superplayer, um serviço de streaming de música com mais de 1,5 milhão de usuários registrados e 4 milhões de downloads no Brasil. Ele já atuou como advisor na transformação digital do Banco Agiplan e como consultor em gestão na Falconi, a maior consultoria em gestão do país.

O evento, que acontecerá na sede do JC a partir das 18h, tem vagas limitadas e gratuitas e as inscrições devem ser feitas pelo link bit.ly/cenariodigital.

A cobertura estará disponível no especial Cenário Digital que circula no dia 23 de fevereiro em todas as plataformas do JC, com edição da editoria de cadernos especiais de responsabilidade de Ana Fristch e que vai contar com a curadoria de conteúdo da jornalista Patricia Knebel, colunista e blogueira do Mercado Digital.

Marcas de Quem Decide chega a 20ª edição com novidades

Ao completar 20 anos, o Marcas de Quem Decide (MDQD) vêm ainda mais multiplataforma, com uma cobertura dinâmica e gerando experiências exclusivas. Através do evento, dois cadernos impressos, site e redes sociais, o Jornal do Comércio apresenta o único estudo de marcas do Rio Grande do Sul que mede a lembrança e a preferência de um público qualificado, composto por gestores de empresas e altos executivos gaúchos.
A pesquisa se tornou referência no mercado por sua inovação, credibilidade e seu público formador de opinião, com grande poder de decisão e alta capacidade de consumo. A partir dos dados obtidos nas 73 categorias, sendo três especiais, são produzidas análises detalhadas e um conteúdo especial que circulam em todas as plataformas, gerando impacto para quem precisa entender o desempenho das marcas.
O MDQD é um instrumento de dados, ideias e reflexões para profissionais do mercado. O responsável técnico pela pesquisa, Paulo Di Vicenzi, Diretor da Qualidata, afirma que ela tem uma importância estratégica na vida das marcas e das próprias empresas: “O histórico de resultados obtidos ao longo desses 20 anos prova que a vida das marcas é dinâmica e se transforma com muita rapidez. Quem acompanha os resultados e se aprofunda nos números pode descobrir oportunidades ou ameaças antes dos concorrentes”.
Ao pesquisar simultaneamente lembrança e preferência, o MDQD é o único estudo que investiga as duas principais áreas da mente humana: a razão e a emoção. Lembrar é resultado da memória, enquanto preferir é produto da experiência ou conhecimento. “Estar entre as cinco marcas mais lembradas e/ou preferidas significa estar dentro do jogo, participar da grande batalha que ocorre o tempo todo dentro do cérebro dos compradores e consumidores”, afirma Di Vicenzi.
O estudo foi realizado pela Qualidata de novembro a início de janeiro, em cidades do RS com participação igual ou superior a 0,5% do PIB gaúcho. Os resultados serão apresentados aos gestores e líderes empresariais em primeira mão, durante um café da manhã com muito reconhecimento para as marcas participantes. O evento será no dia 6 de março no Teatro do Sesi e a cobertura completa estará nos cadernos impressos e todas as plataformas do JC e do Marcas nos dias 7 e 26 de março. A Gerente de Marketing do JC, Beatriz Moraes, fala com empolgação desse novo local do evento: “Será um grande e especial momento realizar os 20 anos da pesquisa em um teatro que é referência pela qualidade, infraestrutura, tecnologia, localização privilegiada e sofisticação. Os gestores dessas marcas merecem esse reconhecimento”.
A Gerente Comercial do JC, Rosi Zômer, conta que este ano o caderno está ainda mais multiplataforma para potencializar a exposição das marcas e dos resultados que a pesquisa apresenta para o mercado. “A cobertura está sendo desenvolvida pelo nosso núcleo de conteúdos para gerar convergência, possibilitando que as agências e os anunciantes pensem a comunicação nos diversos formatos e dispositivos. Uma edição histórica para marcar os 20 anos desse projeto único no mercado gaúcho ”, completa.
Para mais informações, clique aqui.
Foto: Franco Rodrigues/Especial/JC

Jornal do Comércio vai a Nova Iorque cobrir a NRF 2018

Patricia Comunello trará as novidades da NRF 2018. Credito: Fredy Vieira/JC

O Jornal do Comércio começa o ano de 2018 com uma cobertura internacional: vai acompanhar uma das mais importantes feiras de varejo do mundo, a NRF Big Show, que acontece na cidade de Nova Iorque a partir deste domingo.

É a primeira vez que o jornal de economia e negócios acompanha o evento realizado anualmente pela National Retail Federation. A jornalista Patrícia Comunello, sub-editora do site do JC, é a enviada especial. Ela vai registrar as últimas tendências do setor do varejo e acompanhar as atividades das delegações de empresários brasileiros que visitam a feira. A NRF promove palestras, debates e a exposição de novos produtos e serviços para o setor comercial.

A cobertura do evento será publicada na edição impressa do JC a partir desta segunda-feira e também no hotsite www.jornaldocomercio.com/NRF2018. Além do material extra, conteúdos em vídeo serão postados nas redes sociais do jornal. A cobertura do JC tem o apoio do Sebrae e do Sindilojas Porto Alegre.

Jornal do Comércio leva seu conteúdo para além do impresso e do digital

Novo produto aproxima as pessoas da informação e do debate

2017 foi um ano de inovação no Jornal do Comércio. O conteúdo foi expandido para aproximar os leitores da informação através de um novo produto. “O Conexões de Negócios leva as notícias para além do impresso e do digital, proporcionando a experiência de troca de informações e debate em eventos exclusivos”, explica o Diretor de Operações do JC, Giovanni Tumelero.  

A era digital exige mais interação e contato entre as pessoas como forma de unir públicos interessados em temas relevantes da atualidade. Os eventos geram discussões mais aprofundadas e conteúdos diferenciados, que circulam em todos os canais do JC. No último debate deste ano, Rio Grande do Sul em Perspectivas, especialistas do mercado apresentaram suas projeções econômicas para 2018, com foco nos setores da indústria, comércio, política, agronegócio e finanças. A cobertura do painel pode ser acessada em bit.ly/perspectivas2018.

O evento antecipou o que será publicado no tradicional caderno Perspectivas, publicação anual que há 21 anos traça projeções para o próximo ano. O especial circula encartado com a edição impressa de amanhã.

Editor-chefe do JC impresso, Guilherme Kolling, antecipa que o caderno multiplataforma aprofunda dois temas fundamentais para o País no próximo ano: “Analisamos o cenário das eleições e a retomada do crescimento nos setores mais importantes da economia”. O especial apresenta também um panorama das projeções de lideranças políticas e empresariais sobre o Rio Grande do Sul e o Brasil.

Além da versão impressa, o Perspectivas também estará disponível na íntegra no flip do JC flip.jornaldocomercio.com.br e é possível compartilhar o conteúdo diretamente do site jcrs.uol.com.br.

Foto: Mariana Carlesso/JC